segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Começando 2011

As aulas já recomeçaram!
Posso dizer que comecei bem o ano!
No domingo, dia 09/01, tive o privilégio de acompanhar uma de minhas alunas (ex)gestante em todo o seu trabalho de parto e nascimento de sua filha. Foi um momento muito importante pra mim, pois, além de presenciar esse momento mágico, divino, que é o nascimento de uma criança, pude ter um dos melhores retornos do meu trabalho... 
Vendo a Luciana em movimento, posso até dizer que dançava, me dava conta da sabedoria do corpo que muitas vezes é instintiva em trabalho de parto. Mas também as "lições" que trabalhamos ao longo de cerca de 6 meses estavam presentes em vários momentos. Isso me faz ter cada vez mais certeza de que é o "corpo inteiro" que dá à luz a um bebê e não apenas o útero que contrai e dilata, a bacia que se abre, ou um períneo isoladamente bem preparado. O corpo inteiro, incluindo a cabeça e o coração com todos os seus sentimentos, afetos, medos, (in)certezas... 
Por isso é tão importante que a mulher esteja consciente de seu corpo, esse corpo inteiro que durante a gestação, o parto e, mesmo depois do nascimento, são dois corpos que se misturam, se confundem, se nutrem mutuamente e estão sempre em movimento... Movimento de todo o soma, das transformações inevitáveis trazidas pela maternidade, movimento de aprendizado, aceitação e paciência, movimento constante de erros e acertos, movimento de vida.
Sou grata à vida pela oportunidade de ver esses corpos, um dentro do outro e depois bem perto, "amarrados" pelos slings e "pendurados" nos peitos de suas mães, buscando estar mais conscientes e preparados para aceitar e encarar a "dança da vida", a Maternidade em Movimento!