terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Caia na Folia com seu Bebê!

Quarta-feira, dia 15/02 venha se aquecer para a folia!
Para as mamães e papais que sempre gostaram de pular carnaval e para aqueles que os bailes só começaram depois que o bebê nasceu! Vamos brincar, dançar, nos exercitar e nos divertir em uma aula especial! 

Horário: 15:00h
Local: Espaço Sabiah
Informações: larissa@carpintero.org  tel. (19)92168374

Compartilho uma música que é puro carnaval para Bebês!! 
Carnaval da Palavra Cantada - "Só quero a mamãe e o papai"!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Naolí Vinaver e a Maternidade em Movimento

Foto: Vivian Scaggiante
Nos últimos dias tenho tido a grande honra de estar próxima a essa linda mulher, parteira, guru, que é a Naolí Vinaver. A cada encontro que tenho com ela, seja informal, para um almoço ou uma carona, seja nos cursos que ela está oferecendo em parceria com o Grupo Samaúma, sinto uma profunda gratidão por poder ouvi-la, tocá-la e.. DANÇAR com ela! 

É isso mesmo, Naolí é uma grande dançarina também! Seu corpo se movimenta com harmonia e muita leveza, mas ao mesmo tempo seus movimentos são profundos e de grande expressividade. Mas o que é ainda mais lindo é sua capacidade de fazer outras mulheres movimentarem não somente o corpo, mas a alma, as emoções, as percepções... Muitas vezes, depois de uma grande Dança, vi essas mulheres mais abertas, sorrindo, chorando e sem palavras para dizer... o corpo já tinha dito tudo!

Impossível não me recordar de mulheres em trabalho de parto, conectadas consigo mesmas, movimentado o corpo, sem regras, sem "passos" ou direções determinadas, apenas escutando o que o corpo queria e agindo para aliviar a dor ou buscar o ritmo do nascimento do seu bebê. Impossível não me recordar das Grávidas e Mães que passaram pela DanSamaúma, dançando com seus bebês na busca de uma conexão interna e vínculo, na busca de uma nova organização e transformação em um novo corpo. Um processo também profundo que dispensava   palavras e explicações.

Encontrar a Naolí e sua dança me deu mais certeza de que a maternidade está no corpo das mulheres e que o corpo não é só a barriga que cresce ou os peitos que amamentam... no corpo da mãe está o medo, a alegria, as dores, as dúvidas e tensões, a gratidão, a emoção, a força... Quanto mais movimento corporal, mais consciência, menos estagnação, mais leveza, menos tensão, mais expansão...Mais possibilidades de organizar e receber a Maternidade como um presente que a vida nos dá a cada dia.